Diocese de Campos promoveu debate sobre Desafios da Saúde Pública no Brasil

Conferencia e Noite de Autógrafos em Itaperuna na noite de segunda feira.

Os desafios da Saúde Pública no Brasil e o Tratamento Humanizado foi o tema da Conferencia da noite da segunda feira (25), no Auditório da Paróquia Nossa Senhora das Graças em Itaperuna. O Camiliano Pe. Christian de Paul de Barchifontaine. O debate reuniu agentes da Pastoral da Saúde. O Grupo de Pesquisa Bioetica e Cidadania apresentou ao conferencista um conjunto de obras publicadas.

Pe. Christian de Paul de Barchifontaine explanou sobre o atual quadro da saúde publica no Brasil e falou da urgência de uma política publica que garanta o acesso a um sistema publico de qualidade.

– A saúde é um completo bem estar físico, mental e social e não meramente a ausência de doença. A obtenção do nível mais alto possível de saúde é um dos direitos fundamentais de todo ser humano, sem distinção de raça, religião, credo político, condição econômica e social. – destaca o conferencista.

– Lançamento e noite de autógrafos – Após a conferencia foi realizado uma noite de autógrafos do livro Bioética, Frankestein e a aposta em um futuro sustentável, lançamento da Edições Loyola. Na obra uma reflexão provocadora na busca da sinergia com toda a humanidade tendo em vista a construção de um futuro sustentável.

– A saúde é um direito humano fundamental. Isso significa que toda pessoa deveria ter acesso aos serviços de cuidado de saúde quando e onde necessitasse, sem sofrimentos por falta de recursos. Ninguém deveria ficar doente ou morrer  por ser pobre ou por não ter acesso a serviços de saúde. – conclui Pe. Christian.

Comunicação e Sociedade. A Pastoral da Comunicação lançou no dia 30 de abril o Projeto Comunicação e Sociedade que abre ao debate temas transversos e num trabalho de integração com as demais pastorais. No lançamento e em parceria com a Pastoral da Saúde, o Bispo Auxiliar de Niterói falou do tema Mistanasia: a morte que poderia ser evitada.

– A nossa proposta de uma comunicação integrada, unindo todas as pastorais e movimento e com isso dar visibilidade a ações na igreja que nem sempre são conhecidas da sociedade. Nessa parceria com a Pastoral da Saúde temos esse desafio que aos poucos estão sendo vencidos e hoje temos esses debates voltados a formação de um laicato que possa responder as inúmeras situações que a sociedade moderna nos coloca. – disse Pe. Maxiliano Barreto – Coordenador da Pastoral da Comunicação.

A imagem pode conter: Ricardo Gomes, em pé e área interna

A imagem pode conter: 17 pessoas, incluindo Julia Vieira, pessoas sorrindo, pessoas em pé

A imagem pode conter: 3 pessoas, incluindo Ricardo Gomes, pessoas em pé

Texto:  Ricardo Gomes

Cobertura Fotográfica

WOLNEY POUBEL