Bispo de Nova Friburgo preside Terço pela Paz promovido pelo Regional Leste I

Senhor, fazei-me um instrumento de vossa paz’. Vivenciando exatamente esse trecho da oração de São Francisco, os fiéis da Diocese de Nova Friburgo se uniram para rezar o Terço pela Paz, uma iniciativa do Regional Leste I. Em Nova Friburgo, a atividade aconteceu na quinta-feira (10/5), das 11h às 12h, na Praça Dermeval Barbosa Moreira, no Centro, sendo presidida pelo Bispo, Dom Edney Gouvêa Mattoso.

site diocese tercopelapazmaio 1

A edição 2018 do evento está acontecendo desde 2 de maio, cada dia numa Arquidiocese ou Diocese diferente. Iniciado em 2017, o Terço pela Paz é transmitido ao vivo às 11h pela Rádio Catedral FM, da Arquidiocese do Rio de Janeiro. A atividade prossegue até 13 de maio, dia de Nossa Senhora de Fátima, com o encerramento na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, no Santíssimo – RJ, presidido pelo Cardeal Dom Orani João Tempesta.

Em Nova Friburgo, clérigos, religiosas, leigas consagradas e diversos leigos participaram do momento oracional, juntamente com os moradores da Casa dos Pobres São Vicente de Paulo, situada em Nova Friburgo. Não havia idade limitada para juntar-se ao grupo de fiéis. Ali estavam crianças de colo, jovens, adultos e idosos unidos num único clamor: queremos paz!

site diocese tercopelapazmaio 6

Diante da imagem de Nossa Senhora Aparecida, teve início o Terço pela Paz. Dom Edney iniciou a atividade acolhendo aos participantes e aos ouvintes da Rádio Catedral, dizendo. “Nos unimos às outras Dioceses do nosso estado para rezar com muita fé na presença amorosa de Maria, que levará para junto de Deus as nossas preces em favor da paz”. Ditas essas palavras, prosseguiu-se a oração.

Entre cada mistério do Santo Terço, entoava-se um cântico de louvor à Virgem Maria. Contemplando Mistérios Luminosos, as dezenas foram conduzidas por um sacerdote, por uma religiosa e por três leigos. Dom Edney iniciou a meditação da primeira dezena citando a seguinte reflexão do Papa Francisco: “A oração do Terço é um instrumento poderoso, que traz paz aos nossos corações, à Igreja e ao mundo”.

Falando a respeito dessa iniciativa, o Prelado acrescentou. “Por isso, hoje nos reunimos nesta praça e fazendo eco às palavras do Santo Padre, intercederemos pela paz no mundo, em nossa cidade, nas famílias e em nosso próprio coração. Rezando, levamos tudo a Deus: os cansaços, as feridas, os medos, mas também as alegrias, os dons e os entes queridos”, e complementou.

site diocese tercopelapazmaio 2

– O Regional Leste I, ciente da violência cada vez mais desenfreada e letal em nossas cidades, decidiu desde o ano passado rezar o Terço pela Paz, fazendo como que uma interrupção proposital no nosso dia, nos nossos afazeres, no corre-corre da vida, para rezarmos um pouco pela paz e semeá-la entre nós. Por isso, as Arquidioceses e Dioceses que compõe este regional se unem nesta iniciativa de oração comum em favor da paz.

Logo após a Salve Rainha, o Bispo convidou os fiéis a se consagrarem a Nossa Senhora, entregando também suas famílias, o estado do Rio de Janeiro e a cidade de Nova Friburgo, que está às vésperas de completar seus 200 anos, em 16 de maio. Em seguida, o Epíscopo concluiu a oração dizendo.

– A construção de um mundo de paz é um caminho que deve ser percorrido por todos. Ao encerramos este momento de oração, tenhamos presente que a verdadeira paz tem sua raiz na íntima comunhão com o Senhor, que gera frutos de unidade e paz. Não podemos nos esquecer que somos uma só comunidade, que começou e terminará no amor misericordioso de nosso bom Deus. Por isso, façamos desse momento uma constante em nossas vidas, traduzindo em obras tudo o que aqui rezamos e meditamos.

site diocese tercopelapazmaio 5

O Prelado agradeceu aos participantes desta oração, parabenizando-os por sua coragem em romper as tarefas do cotidiano para se unir em oração, manifestando assim o desejo por um mundo mais pacífico, fraterno e humano. Também acentuou que a paz é fruto da justiça e é alcançada pela ação de cada um. Antes da benção final, Dom Edney desejou que todos pudessem retornar às suas casas com seus corações repletos de paz e de esperança.

Testemunhos

“Tenho certeza que Deus está olhando para esse povo sofrido. Pedimos a Nossa Senhora para intervir nessas situações de violência, socorrendo a todos. Olho com tristeza para tantos jovens envolvidos com as drogas, mas tenho certeza que Deus colocará a sua mão poderosa sobre eles, para viverem um futuro melhor. O Senhor ouvirá a nossa oração, pois precisamos de paz e Nova Friburgo necessita desses jovens”, comentou Zilda Azevedo de Jesus.

“Temos que rezar o Terço todos os dias, especialmente em maio, o Mês de Maria. A Virgem é a nossa intercessora junto a Jesus. Como sua filha, sempre peço bênçãos para minha família, para a Igreja e principalmente pela tão necessária paz mundial. Rogo a Deus pela paz na Síria e a calmaria da violência no Rio de Janeiro, também peço pelas crianças e pela Educação, que está tão difícil. Peço muito a intercessão da Virgem, nossa Mãe, por essas pessoas, por todo o Brasil e nossa cidade. Este ato de rezar o Santo Terço aqui hoje é uma iniciativa para podermos enxergar que o mundo necessita de paz e Maria é a nossa paz”, concluiu Clea Turque.

Texto e fotos: Grasiele Guimarães

Do site da Diocese de Nova Friburgo