Administração Apostólica:Tradição da Festa resgatada na cidade de Varre Sai

jpeg01IMG_5896 IMG_5948 IMG_6094 IMG_6104

 

Varre Sai resgata e preserva a tradição da Festa do Divino Espírito Santo.

No domingo (20)em Varre Sai a Paróquia de Nossa Senhora das Graças, da Administração Apostólica São João Maria Vianey realiza a tradicional Festa do Divino Espírito Santo. A programação começa com a procissão saindo da Capela Nossa Senhora Aparecida as 9h com destino a Matriz Nossa Senhora das Graças para a celebração da missa e a tarde desfile de tratores máquinas agrícolas e estandes com produtos ligados a agricultura e bênção aos produtores rurais.

Tomé Peregrini recorda a tradição iniciada a 30 anos atrás pelo Padre Antonio de Siqueira realizou duas festas do Divino na cidade, desde então a festa ficou apenas na lembrança dos moradores. Tomé Pelegrini, que foi Imperador a mais de 30 anos atrás. E  atualmente a Imperatriz e o Imperador, são sua filha e seu sobrinho, mantendo na família a preservação desse legado cultural e religioso da cidade.

– Ainda guardo na lembrança o dia que fui Imperador na Festa do Divino. Já faz mais de 30 anos. Eu fui o último, ainda com o Padre Antonio Siqueira. Ano passado, minha filha, Iolanda Filomena Grilo Pelegrini, foi a Imperatriz, e meu sobrinho, Miguel Tobias Medeiros Pelegrinio Imperador da festa. Senti uma alegria muito grande em poder fazer parte dessa história – disse Tomé Pelegrini.

Uma tradição que mobiliza a cidade e atrai visitantes de toda a região. Os preparativos começam vários dias antes com a benção e envio das Bandeiras do Divino, que visitam as casas dos moradores. Nestes dias a Bandeira do Divino  visita as casas e cada família amarra uma fita ao mastro da bandeira e essas fitas são queimadas em  uma grande fogueira no final da festa, informa Tomé.

Na opinião do cantor Toni Rampazzio O resgate e preservação da cultura é muito importante para a cidade. As novas gerações precisam vivenciar isso relata o artista. A tradição religiosa é muito forte na cidade e a festa do Divino tem um forte apelo religioso e popular, uma marca da cultura da cidade que esta sendo preservada.

– Em uma era onde pessoas vivem de vídeos e fotografias do mundo digital, nada melhor do que presenciarem  estas relíquias culturais. A festa do divino é de origem lusitana, e foi se expandido por vários Estados brasileiros. Aqui em Varre-Sai, o saudoso Pe. Antônio  Alves de Siqueira foi um grande incentivador para continuar esta tradição .  A festa ficou durante um bom tempo talvez esquecido, mas agora voltou com força total. Muito importante para a comunidade vivenciar este momento religioso e cultural, que traz informações aos jovens e desconhecedores. É como abrir um livro de história e representar ao vivo. – ressalta Toni.

– A religiosidade do povo é grande! A maioria é descendente de italianos! Seguimos com fervor as comemorações da igreja católica. Quanto a festa do Divino, começa com visita da Bandeira do Divino em todas as residências  .No dia principal da festa tem uma programação extensa: missas, procissão  , leilão,  praça de alimentação  etc. ..A importância  esta no fervor, na integração, enfim na religiosidade do povo. Na devoção! – informa Luci Meri Moraes Tupini.

Emoção e expectativas para o casal que vai representar este ano o Imperador e a Imperatriz. Isabela de Fátima Celebrini, 13 anos e Leoni Benito Pelegrini Paulante de 12 anos estão contando os dias para viver essa experiência religiosa popular, tradição que está sendo resgatada na cidade.

– A solenidade de Pentecostes é marcante para toda a igreja. E o fato de nossa Paróquia celebrar de maneira tão devota esta festa, nos enche de alegria!  A Isabella sempre gostou de participar das comemorações da Igreja desde pequena. Estamos muito felizes por ela ser a Imperatriz do Divino neste ano. Só temos a agradecer a Deus! – relata Isabel Celebrini.mãe da jovem

Mas a emoção é para as famílias que durante esta semana recebem a visita da Bandeira em casa.  Maria d’Aparecida Pires Abib, fala da alegria. “Para minha família é uma honra receber esta Bandeira em nossa casa. Nós somos devotos e já recebemos muitas graças por interseção do Divino Espírito Santo. Todo ano a Bandeira passa aqui e sempre é recebida com muita alegria e devoção.” conta.

– Varre-sai a tradicional festa do Divino já se tornou umas das principais festas religiosas da cidade. A expectativa é muito grande pois a cada ano cresce o número de pessoas que vem participar dos tradicionais festejos do divino. Toda a cidade está sendo preparada pela visita da Bandeira do Divino que visita a todos que abrem suas casas para a Bandeira. Sejam todos muito bem-vindos. Venha conhecer e participar dessa tradicional festa religiosa. Padre Silvano Salvatte Zanon.

Programação

20/05 Dia de Pentecostes

9h – Procissão saindo da Capela N S Aparecida

10h – Missa na Matriz N S das Graças

11h – Almoço

13h30 – Procissão de tratores e bênção

Texto: Ricardo Gomes

Fotos: Messias Correa