56ª Assembleia dos Bispos chega à sua metade

Iniciada na última terça-feira, 11 de abril, a 56ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil reúne em Aparecida (SP) cerca de 350 bispos de todas as regiões do país, demonstrando o caráter plural e ao mesmo tempo a unidade da Igreja brasileira.

DSC_6383

Formação presbiteral

O tema central da Assembleia Geral é a formação dos futuros padres. A CNBB elaborou a menos de 10 anos suas diretrizes para a formação presbiteral, porém, com o lançamento do Documentos conhecido como Ratio fundamentalis pela Sagrada Congregação para o Clero e a orientações à Igreja pelo pontificado do Papa Francisco, há uma necessidade de que essas orientações sejam atualizadas. Dessa forma, a formação presbiteral tem sido o tema central da assembleia desse ano.

Presença do Regional Leste 1

Todos os bispos titulares e auxiliares do Regional Leste 1 estão presentes à 56ª Assemble7ia Geral da CNBB. Dois eméritos também participam desde momento, Dom Elias James e Dom Mauro Morelli. Na manhã do segundo dia, em missa presidida pelo Núncio Apostólico Dom Giovanni d’Anielo e posteriormente no plenário, foram apresentados os bispos novos, entre os quais três pertencentes a Igreja Fluminense, são eles: Dom Luiz Ricci, Dom Paulo Celso e Dom Juarez Delorto, respectivamente bispos auxiliares de Niterói e do Rio de Janeiro.

DSC_6536 copy

Outros temas

Além do tema central, diversos assuntos permeiam toda a assembleia. Entre eles uma carta dos bispos ao Papa Francisco foi apresentada pelo Cardeal Orani Tempesta, presidente do Regional Leste 1. Também é prevista uma mensagem ao Povo Brasileiro por ocasião das Eleições 2018 e as eleições para a escolha dos representantes do episcopado brasileiro no Sínodo de 2018 sobre a Juventude, a fé e o discernimento vocacional e também para o Sínodo da Amazônia que se realizará em 2019.

azcona-768x488

Foto: Matheus de Souza / CNBB

Retiro

Da tarde deste sábado, 14 de abril, até o domingo acontece o retiro dos bispos que nesse ano terá como pregador o bispo emérito da Prelazia do Marajó (PA), Dom José Luiz Azcona que se inspirou na Exortação Apostólica Gaudete et Exsultate do Papa Francisco para preparar as meditações aos bispos. “Aprofundaremos os desafios de sermos santos no mundo de hoje dentro da nossa realidade como bispos do Brasil”, disse Dom Azcona ao Portal da CNBB.