Diocese de Campos ganha reserva de preservação ambiental

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e pessoas sentadas

Iniciativa da Paróquia São Sebastião em Varre Sai (RJ) protege a mata nativa que fica no fundo da matriz. Padre Rogério Cabral Caetano cria Reserva Particular do Patrimônio Natural e dedica o local ao Papa Francisco.

A imagem pode conter: 3 pessoas

Esta semana Pe. Rogério Cabral Caetano criou uma iniciativa para a preservação da mata nativa que fica nas imediações da Matriz de São Sebastião em Varre Sai. Um termo foi assinado para a criação da Reserva Particular de Patrimônio Natural Papa Francisco que protege a área com vegetação nativa da Mata Atlântica.

– Dedico essa reserva ao Papa Francisco, que demonstra a preocupação da igreja católica em defender o meio ambiente e nos dá grandes lições em sua carta encíclica Laudato Si. E nossa cidade tem registrado a perda de grande parte dessa cobertura vegetal. Minha preocupação é não permitir que essa área venha ser desmatada. – disse Pe. Rogério.

A iniciativa da criação da reserva é inédita em todo o Estado do Rio de Janeiro e no ato da assinatura, Pe. Rogério entregou aos representantes do INEA um exemplar da carta do Papa Francisco Laudato SI sobre o Cuidado da Casa Comum. A instalação será realizada com a presença de Dom Roberto Francisco Ferreria Paz.

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e barba

Com informações da Paróquia São Sebastião Varre Sai