Fiéis celebram a Senhora do Pilar, padroeira da Diocese de Duque de Caxias

DSC_3237Na comemoração dos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida nas águas do Rio Paraíba do Sul e do centenário das Aparições de Nossa Senhora aos Pastorinhos em Fátima, Portugal, fieis das diversas paróquias da Diocese de Duque de Caxias e de dioceses vizinhas celebraram a Mãe de Deus.

A Virgem e os pastores

Nomeada em 2007 pela Congregação do Culto Divino a pedido do então bispo diocesano, Dom José Francisco, como padroeira diocesana, Nossa Senhora do Pilar é celebrada desde a criação da diocese, quando Dom Mauro Morelli, primeiro bispo diocesano, criou a Romaria do Pilar. Todos os bispos diocesanos sempre tiveram grande afeto e devoção pela Virgem e buscaram valorizar a devoção do povo de Deus.

DSC_3231

Dom Tarcisio faz sua homilia na Romaria do Pilar

Igreja fechada; fé viva!

O templo dedicado à Nossa Senhora do Pilar é um dos mais antigos do Rio de Janeiro e um dos primeiros bens tombados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, mas encontra-se interditado desde o fim de 2014 quando andaimes que sustentavam os altares laterais desabaram. “Mesmo que a igreja esteja fechada, a fé do povo está viva e é isso que a gente celebra nesse dia 12 de outubro”, diz Padre Marcos Bejarano, porta-voz da diocese.

DSC_3165

Fieis caminham em direção à igreja do Pilar

Maria vai a frente

Algumas paróquias realizam a pé o trajeto até a igreja histórica que um dia Dom Tarcisio, atual bispo, sonha que se torne um Santuário Mariano. No caminhar do povo a certeza que Maria vai a frente. “Maria quer nos conduzir sempre ao seu divino filho, Jesus. Mãe amorosa e solícita, ela sempre está presente na luta desse nosso povo sofrido da Baixada”, disse o bispo.

Igreja em júbilo

Ao final da celebração eucarística Padre Marcos Bejarano, que também é reitor do Seminário Diocesano, anunciou a ordenação diaconal do Seminarista Luis Cláudio que ocorrerá no próximo dia 28 de outubro em Xerém. E também foram parabenizados os padres que completam seus jubileus, Alcindo, 25 anos. E Bernard e Bruno, 50 anos anos de ordenação presbiteral. Padre Bruno pertence ao clero da diocese de Nova Iguaçu e sempre esteve presente na Romaria do Pilar, além de ajudar no cuidado de uma comunidade pertencente à diocese.

DSC_3300

Padre Marcos anuncia a ordenação diaconal do Seminarista Luis Cláudio