Bispo Auxiliar de Niterói lança livro na Universidade La Salle

Apresentação do LivroNo dia 05 de outubro, Dom Luiz Ricci, Bispo Auxiliar de Niterói, lançará o livro A morte socialmistanásia e bioética, na Universidade La Salle, “UNILASALLE”, situada à Rua Gastão Gonçalves, 79, Santa Rosa, Niterói. O evento é aberto a todos os que quiserem participar.

No local, antes do lançamento, será celebrada uma Santa Missa, pelo Arcebispo Metropolitano de Niterói, Dom José Francisco às 17h30, e em seguida, o lançamento do livro, cujo objetivo é desenvolver o conceito de mistanásia (morte social, precoce e evitável) pelo viés da bioética social, cotidiana, crítica, latino-americana, integrativa e vivencial, para evidenciá-lo – na agenda da bioética local e global, na produção científica e bibliográfica, e no conteúdo das disciplinas afins – como tema orgânico e transversal na reflexão referente à dignidade do viver e do morrer.

O livro é trabalho final do pós-doutorado de Dom Luiz Ricci, que apresenta o conceito de mistanásia (morte causada pela exclusão social) pelo viés da bioética social, cotidiana, crítica, latino-americana e integrativa.

O neologismo mistanásia foi cunhado por Márcio Fabri dos Anjos, e se refere a um conceito já coexistente e subjacente nas reflexões bioéticas, especialmente na América Latina, mas que ainda não aparece de forma clara e satisfatoriamente difusa. O viver sofrido quase sempre leva a morrer fora do tempo ou “antes da hora”. Mistanásia, como morte social, é um referencial que vem preencher uma lacuna sentida no habitual trio eutanásia, distanásia e ortotanásia, transformando-o em quarteto com a sua inserção.

O Bispo explica que a bioética, como ética aplicada, situada num contexto social injusto e plural, visa a contribuir para a defesa e a promoção da vida humana, sobretudo aquela vulnerada e exposta à possibilidade de morte mistanásica.

O livro está dividido em cinco capítulos, começando com o autor discorrendo sobre o modo de ser latino-americano como ambiente favorável para o surgimento do conceito de mistanásia, seguido de uma proposta de mística para a bioética. Na sequência, são apresentados os cenários históricos que precederam o termo, e depois a apresentação do conceito, sua difusão e contribuição para o deslocamento de acento em bioética.

SOBRE O AUTOR

Luiz Antonio Lopes Ricci foi professor de Ética Teológica e Bioética, na Faculdade João Paulo II (Fajopa), em Marília, até assumir como Bispo Auxiliar de Niterói, em agosto de 2017. Tem mestrado e doutorado em teologia moral, pela Pontifícia Universidade Lateranense – Academia Alfonsiana de Roma, e pós-doutorado em bioética, pelo Centro Universitário São Camilo, em São Paulo. É Bispo Auxiliar de Niterói.

Por João Dias (ArqNit)
Arte: Thiago Maia