Diocese de Campos celebra 365 anos de bênçãos do Santíssimo Salvador

 

A imagem pode conter: 1 pessoa

ANTÔNIO Filho

Jornalista, apresentador de TV e escritor

No dia 6 de agosto de 2017, Campos celebrará, pela 365ª vez, seu padroeiro, o Santíssimo Salvador. A tradição da celebração iniciou-se na Villa de São Salvador de Campos, mais tarde elevada à categoria de cidade de Campos dos Goytacazes. Como já diziam os mais antigos: “Feliz a cidade que tem o Senhor como Padroeiro”. O tempo passou e a tradição de fé mantém-se viva.

A antiga Igreja Matriz, hoje Igreja de São Francisco, marcou o surgimento da tradição. O templo atual, na Praça do Santíssimo Salvador, foi elevado ao título de Catedral Basílica Menor do Santíssimo Salvador, em 11 de dezembro de 1965, por decisão de Sua Santidade o Papa Paulo VI.

A cidade cresceu em torno da Catedral. Para acompanhar a tradicional procissão, a comunidade comprava roupas e calçados novos. Era a ocasião mais importante do calendário festivo do município. Para muitas famílias, era o único momento de compra de novas peças de vestuário, do ano, tamanha a importância dos festejos do padroeiro.

Nas décadas de 1960 e 1970, a festa era marcada por sua programação religiosa, acrescida de ações esportivas, como a Prova Ciclística, a tradicional regata e um Grande Prêmio no Jockey Clube. Bandas de música apresentavam retretas, festejando o padroeiro.

Mesmo com o desafio de atravessar a barreira do tempo e adaptar-se às mudanças por ele ocasionadas, a Festa do Santíssimo Salvador mantém sua missão de fé. Independente de religião, milhares de pessoas acompanham o andor do padroeiro, pagando promessas. As manifestações se dão através de pés descalços, velas com a estatura dos fiéis e em vestir crianças com roupas de anjos.

Então, é chegado o momento de mais uma celebração. Pelo sexto ano, o Bispo Diocesano de Campos, Dom Roberto Francisco Ferrería Paz, falará ao povo, na benção após a procissão, no palco principal da festa. Ele irá abençoar os quatro cantos da cidade que, com grande orgulho, tem Jesus Cristo como seu padroeiro.