O Santo Padre celebra os 25 anos de ordenação episcopal

Os cardeais agradecem ao Papa e dizem: “Francisco já está no nosso coração

(ZENIT – Cidade do Vaticano, 27 Jun. 2017).- O Papa Francisco celebrou nesta terça-feira seus 25 anos de ordenação episcopal com uma missa na capela Paulina, concelebrada com os cardeais. Depois do Pax Vobis, o decano do colégio dos cardeais, Angelo Sodano, agradeceu em nome de todos eles e disse que “Francisco já está no nosso coração”.

O Santo Padre na homilia indicou de três temas do diálogo entre Deus e Abraão: ‘levantar-se’, ‘olhar’ e ‘esperar’. Levantar-se significa não ficar parado, realizar a missão em caminho, Abrahão não edificou uma casa e o símbolo é a tenda.

Olhar é fixar o horizonte, pois a mística do horizonte faz ver cada vez mais distante enquanto se avança. “A esperança não tem muros”, concluiu o Papa. “O Senhor hoje nos diz o mesmo: levante-se, olhe e espere. Essa palavra de Deus vale também para nós, que temos quase a mesma a idade de Abraão”, disse Francisco.

“Quem não nos quer bem, diz: ‘somos a gerontocracia da Igreja’. É uma zombaria, não sabe o que diz. Não somos gerontes, somos avôs. E se não sentimos isso, devemos pedir a graça de senti-lo. Avôs para quais os netos olham e esperam de nós a experiência sobre o sentido da vida. Avôs não fechados. Para nós, ‘levante-se, olhe e espere’ se chama sonhar. Somos avôs chamados a sonhar e dar o nosso sonho à juventude de hoje, que necessita disso, porque tirarão dos nossos sonhos a força para profetizar e levar avante a sua missão.”

E indicou que o Senhor,pede aos avôs da Igreja que tenham a vitalidade para dar aos jovens, sem se fechar, para oferecer à juventude o melhor, para levar avante a profecia e o trabalho.

“Peço ao Senhor –concluiu o sucessor de Pedro– que dê a todos nós esta graça, “agraça de ser avôs, a graça de sonhar e dar esse sonho aos nossos jovens, eles precisam disso.”

A celebração concluiu com o canto da Salve Regina.