“A força da verdade jamais poderá ser anulada por qualquer ideologia”

Na manhã de domingo (28), Solenidade de São Pedro e São Paulo, a Paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Rio das Ostras, recebeu o Bispo Diocesano, Dom Edney Gouvêa Mattoso, para a administração do Sacramento da Confirmação. Sob a imposição das mãos episcopais e a unção com o óleo de oliveira, cerca de 100 jovens e adultos foram crismados. Esta foi a primeira turma da Paróquia a participar da catequese de Iniciação Cristã de Jovens e Adultos. A Santa Missa foi concelebrada pelo Pároco, Pe. Alexandre Albuquerque, e pelo Pe. Raphael dos Santos.

01

Neste dia, a Igreja celebrou os dois grandes Apóstolos São Pedro e São Paulo. São Pedro, o primeiro Papa da Igreja, que anunciou o Evangelho aos judeus. E, São Paulo, considerado o grande evangelizador dos gentios, fazendo brilhar mais forte a fidelidade a Jesus Cristo e o anúncio da Boa Nova.

Ao falar sobre os Apóstolos, Dom Edney lembrou que a Igreja ainda passa por todo tipo de perseguição, mas segue seu caminho fiel a Jesus Cristo buscando agradar sempre mais a Deus do que aos homens, procurando cumprir sua missão sem derivar para um lado ou para o outro num mundo tão voltado para o relativismo. O prelado lembrou ainda que o Santo Padre Bento XVI, na abertura do conclave que depois o elegeu Papa, já denunciava a ditadura do relativismo. “Estamos vivendo debaixo dessa ditadura que se coloca como valor absoluto da realidade”, condenou.

– É o relativo que se torna absoluto no meio de nós. Quando a verdade é relativizada, se absolutisa a mentira. E ai, a pergunta de Jesus se torna mais pertinente ainda: “Para voz, quem sou Eu?” (Mateus 7,23).

Para o Bispo, não podemos ter dois pesos e duas medidas. Ou acolhemos a Palavra de Deus inteira ou não acolhemos. Não podemos acolher a Deus de um lado e rejeitá-Lo do outro.

– A força da verdade jamais poderá ser anulada por qualquer ideologia, porque a verdade se impõe por si mesmo. Por isso, hoje, no dia em que celebramos os Apóstolos Pedro e Paulo, precisamos renovar a nossa fé com muito entusiasmo. Não estamos sozinhos! Jesus prometeu que estaria com sua Igreja até o fim dos tempos.

Ainda se referindo ao Evangelho, o Prelado lembrou que hoje para nós, Pedro, o sinal visível da unidade, é o Santo Padre, o Papa Francisco, e que unidos a ele, estamos certos de que caminhamos na Igreja de Cristo. “Ele saberá conduzi-la com todo o discernimento no Espirito”.

10

Falando aos crismandos, Dom Edney disse ao numeroso grupo de jovens e adultos que eles são chamados a evangelizar e, como missionários, devem anunciar com o testemunho de vida que confirma a Palavra.

– Somos chamados, em qualquer lugar onde estivermos, a testemunhar a nossa fé por palavras, mas também por atos e posicionamentos. Diante dos impasses da existência, precisamos mostrar o nosso “rosto cristão” e manifestar nossa fé, pediu o Bispo finalizando a homilia.

Por: Jorge Ronald

Fonte: Diocese de Nova Friburgo